Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

voos de mulher

E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta. [Clarice Lispector]

foi sem querer

13.08.21 | voosdemulher

image.jpg

Foi sem querer,
juro!
Tropecei nas palavras,
atrapalhei-me na escrita,
sorvi letras em desvario,
lancei canções desafinadas,
espalhei notas soltas,
em dó sustenido,
em clave de sol invertida.

Foi sem querer,
nesta vontade infinita,
neste navio à toa,
neste vento longe,
soprado, perdido ,
que busquei achar,
a estrada, o caminho,
o som rouco do farol,
esta vigília no olhar.


Foi sem querer,
juro!
Este jeito de vida.