Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

voos de mulher

E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta. [Clarice Lispector]

geometrias

27.08.21 | voosdemulher

image.jpg

Pintura de Miró 

Ângulo obtuso 
numa qualquer geometria,
linhas que se tocam,
um breve ponto,
uma larga abertura.
Talvez se estreitem,
timidamente se encolham,
ou rasguem horizontes 
e docemente se deitem.

Um canto, uma esquina,
uma inclinação,
uma perspectiva,
uma posição relativa,
um homem, uma mulher,
o bidimensional da vida.

Entre teoremas, postulados,
triângulos de Pascal,
isósceles, escalenos,
ficam-nos as formas,
disformes, múltiplas,
vazias ou plenas,
etéreas, fluidas,
voláteis, não contidas,
exacerbadas emoções,
fica a dor encaixotada,
a solidão embrulhada 
com nós de melancolia  
ficam as almas errantes,
insubmissas, teimosas. 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.