Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

voos de mulher

E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta. [Clarice Lispector]

não chames por mim

03.10.21 | voosdemulher

escarpas.jpg

Quando me evado 
não chames por mim.
 
Morde as palavras,
guarda o silêncio,
desliza no tempo.
Deixa que a ausência 
permaneça intocável,
clara e luminosa.
 
Como o albatroz, voarei 
rasgando céus,
sobrevoando oceanos.
 
Quando for hora,
junto às escarpas,
descerei.
 
(Teresa Matos)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.