Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

voos de mulher

E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta. [Clarice Lispector]

não lhes agites os demónios que nelas dormem

15.08.21 | voosdemulher

René Magritte.jpeg

René Magritte, El arte de la conversación, 1949

Deixa as palavras onde estão.
Imóveis, desarmadas.
Não lhes agites os demónios que nelas dormem
ávidos de despertarem.
Não fales do que és, nem descrevas
coisa alguma. Preserva o que em ti
e nos outros é intocável.
Não deixes que as palavras desfigurem.
Que as palavras mutilem.
Que as palavras viciem.
Que as palavras mintam.
Que as palavras sejam peças
de um jogo em que o desfecho
É o xeque-mate.

Fernando Namora