Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

voos de mulher

E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta. [Clarice Lispector]

nas mãos

16.08.21 | voosdemulher

image.jpg

Nas mãos 
tantas palavras mudas 
faladas em aromas perfumados 
Em gestos sentidos e calados 
num desnudar da alma.
Delas emanam todas as fragrâncias 
das emoções...
na dança da vida...elas falam de ti 
e por ti como bailarinas sincronizadas...
Até a maldade...tem o tacto das mãos 
nelas a alma se faz deslizar 
no calor que as assoma,
e as torna... frágeis...
fortes...e divinas.
nas mãos...
o carácter 
em reflexo da alma. 

(por algum tempo este blogue ficará parado devido a um problema saúde)

2 comentários

Comentar post