Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

voos de mulher

E ela não passava de uma mulher... inconstante e borboleta. [Clarice Lispector]

o mundo visto lá de cima

30.09.21 | voosdemulher

242959017_4312882385427756_6221274190255913462_n.j

A altivez de um voo a roçar as nuvens, num meio de tarde. Reúnem-se as nuvens e o céu estala em tons de aviso prévio sobre o alvoroço celestial. O voo vai cada vez mais a fundo... ignoro se alguma voz conhecida restabelece a ordem, alguém acima das coerências, da compreensão humana.

Algures num momento assim, os formatos pensados trocam de forma. A moldura parece pequena para um voo que não cabe em mim.

Eu gostaria de ver o mundo de cabeça para baixo, se alguma vez fosse mais bonito...visto  de cima.
Lá de cima...
 
(Teresa Matos)

2 comentários

  • Imagem de perfil

    voosdemulher

    30.09.21

    M.
    os meus voos são livres, jamais condicionados por molduras, gaiolas ou outra qualquer coisa que me prive ou condicione a liberdade.
    O mundo visto lá de cima...é maravilhoso, mas não conseguimos que seja um mundo melhor ou mais bonito. Pelo menos, por momentos visualizamos essa possibilidade, esse sonho ou essa utopia.
    Um beijo.
    T.M.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.